Sobre Mim

Mônica de Jesus

Mônica Maria de Jesus Costa

Pastora, Palestrante, Coach Alta Performance, Consultora Empresarial, Administradora do Lar, mãe de Seis Filhos, casada com o Pastor e Administrador Frank Costa.

Sou Graduada em Marketing, Teologia, MBA em Consultoria Empresarial, MBA em Coaching Aplicado a Gestão de Pessoas;

Trabalho há mais de 12 anos na Gestão de Pessoas tanto no Corporativo, quanto Eclesiástico(Igreja). Desenvolvo Mentoreamento e Coaching com mulheres elevando-as a níveis Fantásticos! Amo PESSOAS! AMO GENTE!

Desenvolvo palestras com temas distintos: Familia, Carreira, MULHERES....

Espero que você goste do nosso conteúdo! Vamos nos conhecendo!

Gratidão Sempre!

Você Super Rica no Facebook

Como Cristo pode nos Ensinar a Ser Pessoas Mais Amigáveis e Conquistar Seguidores Para Nosso Modo de Pensar

  • 4 de janeiro
Como Cristo pode nos Ensinar a Ser Pessoas Mais Amigáveis e Conquistar Seguidores Para Nosso Modo de Pensar

Não conheço alguém mais influente que Cristo. Procurar imitá-lo é um grande desafio! Suas certezas e convicções influenciaram toda uma geração, e com isso todas as verdades por ele narradas, chegam a nós até hoje.

Suas atitudes e princípios não eram, na maioria das vezes, aceitos pelo alto escalão da época, mesmo assim, tinham força o suficiente para mexer estruturas, levando seus ouvintes a refletirem profundamente em suas palavras. Ele dizia tudo que era necessário a quem quer que fosse, sempre posicionando-se bem em suas palavras.

Uma das coisas que acho mais interessante, é que ainda que confrontasse erros e defeitos (pecados), ele conseguia trazer muitos seguidores para seu lado, para o seu “time”. Como Cristo conseguia conquistar seguidores mesmo enquanto apontava seus erros? O que o fazia tão especial?

O sermão da montanha nos leva à reflexão profunda de quem era e é Jesus. (…Bem aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra (Mateus 5:4).

O especial em Cristo estava no expressar de suas palavras. Ele sabia ensinar as condições para se ter uma boa vida e bons relacionamentos. Ao mesmo tempo que dizia ” Sua ira, sua ignorância não te levará a lugar algum”, também dizia “ …Bem-aventurados os humildes de espirito, porque deles é o reino dos céus.” (Mateus 5:3), “…Não adianta vocês serem soberbos e arrogantes, nada ganharão com isso.”

Ele evidenciava e corrigia os defeitos sem agredir com palavras, falava de seus pecados evidenciando a oportunidade para a mudança. Jesus gerava seguidores de suas ideias, sendo sempre verdadeiro, não ofendendo quem quer que fosse.

Precisamos e temos muito a aprender com Ele, mas para isso, devemos meditar continuamente em suas palavras (leitura bíblica) e deixar-nos ser transformados por ele (Romanos 12:2).

A conquista de amigos, e aliados não pode ser por conta de bens materiais, ou favores em troca, desta forma seria algo não verdadeiro. Em um determinado episódio da história, uma mulher é posta diante de Jesus, sendo acusada duramente de adultério (João 1:11), ele a ajuda dando crédito, sinalizando seu erro, sem contudo ser hostil com ela. Naquele momento, ele consegue mais uma para o time! Consegue trazer aquela mulher para alinhar os pensamentos dela ao seu. Como? Sendo amigável, fiel e companheiro.

Vamos todos aprender com Jesus: “ Tomai sobre vós o meu julgo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração” (Mateus 11:29)